Protheus

Afinal, é possível cortar custos com um ERP?

afinal-e-possivel-cortar-custos-com-um-erp.jpeg
Escrito por Compila Soluções

Cortar custos é um dos itens de “pauta” de um bom planejamento orçamentário, afinal, se os ganhos forem menores do que os gastos alguma coisa está errada.

E uma das opções que vem atendendo a necessidade crescente de otimizar processos sem alterar a qualidade é o uso de Sistemas de Gestão Empresarial, ou os chamados ERP (do inglês, Enterprise Resource Planning).

Com a adoção de um Sistema ERP, empreendedores passam a ter total controle da sua empresa, acompanhando e monitorando processos administrativos e operacionais, o que facilita a identificação de possíveis gargalos que passam despercebidos nos sistemas tradicionais.

Mas, afinal, é possível cortar custos com um ERP? Continue a leitura e conheça algumas vantagens que a aderência a um Sistema de Gestão proporciona. Fique de olho!

Acesso à informação

Em plena era da modernização muitas empresas ainda utilizam sistemas arcaicos, ou mesmo planilhas de dados e documentos. Fica difícil ter uma visão geral dos negócios quando departamentos trabalham de forma isolada e não compartilham informações.

A ideia de cortar custos com um ERP passa a ser alcançada quando controles operacionais são automatizados, eliminando as famosas planilhas e/ou registros manuais.

Um Sistema ERP possibilita ao gestor ter em mãos informações completas sobre seu negócio de ponta a ponta. Por se tratar de um software que integra os processos da empresa, é possível analisar relatórios e indicadores atualizados fornecidos pelo ERP, o que possibilita identificar áreas que necessitam de investimentos, onde é possível cortar gastos e até mesmo avaliar o desempenho dos colaboradores.

Aumento da eficiência organizacional

A integração de processos, informações e departamentos por meio da aderência a um Software ERP gera um aumento da eficiência operacional, reduzindo o retrabalho e a incidência de erros e falhas humanas. Ou seja, quando um determinado dado é inserido no sistema, todos os processos de trabalho que estão integrados são automaticamente atualizados.

Por exemplo, quando um pedido de compra é efetuado por um cliente, o software verifica no estoque a disponibilidade do produto, fornecendo dados para o Setor de Compras que finaliza a venda e já gera a Nota Fiscal. Assim, o setor financeiro é abastecido com as informações de pagamento. Tudo integrado e automatizado!

Um sistema ERP possibilita um controle mais preciso de toda a cadeia de suprimentos, apontando os níveis de estoque e permitindo um maior aproveitamento de materiais, além de evitar desperdícios e compras desnecessárias.

Uma série de processos de trabalho que antes consumiam tempo, dinheiro e recursos humanos são executados apenas uma vez.

Geração de relatórios tempestivos e mais confiáveis

Outra importante razão para cortar custos com um ERP é a possibilidade de gerar relatórios mais simples e eficientes.

Como o sistema passa a integrar todas as informações, é possível reunir todos os dados em um único lugar sobre todo o negócio, e o melhor: tudo fica disponível na nuvem, podendo ser acessado de qualquer lugar e a qualquer hora.

A velocidade em que as informações são acessadas permite decisões tempestivas e embasadas na realidade do negócio, levando a um planejamento mais eficiente.

Com o acesso de relatórios e indicadores é possível conhecer quais processos podem ser melhorados e acompanhar o desempenho da equipe, identificando índices de retrabalho, ociosidade e desperdício de tempo e recursos.

Com informações atualizadas em mãos, o empreendedor pode enxergar os processos de forma geral e individual e, assim, torná-los mais eficientes.

Melhoria na comunicação com clientes e fornecedores

Além de possibilitar a integração entre os diferentes setores da empresa, o software ERP pode ser integrado a sistemas de fornecedores e clientes.

Com isso, o gestor passa a ter em mãos previsões de vendas, requisições de compras e pode realizar um planejamento de produção mais eficiente, reduzindo gastos desnecessários e destinando recursos e tempo ao que realmente gerará mais rentabilidade.

Com um sistema ERP, o gestor fica sempre um passo à frente no planejamento, uma vez que o software permite a integração das informações com clientes e fornecedores, prevendo pedidos futuros e evitando gastos de última hora.

E aí, gostou do nosso material? Entre em contato conosco e conheça todos os nossos serviços. Esperamos por você!

Sobre o autor

Compila Soluções

Deixar comentário.

Share This